29 Aug 2016

Os dados de satélite indicam bom padrão de desenvolvimento dos cultivos de inverno na Região Sul, aponta o 8º Boletim de Monitoramento Agrícola de 2016 da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O estudo, divulgado esta semana, avalia informações coletadas entre 27 de julho a 11 de agosto.O foco desta edição é monitoramento das culturas de 2ª safra e de inverno nas regiões onde existe expressivo percentual de cultivos. Os dados de satélite indicam que, apesar do cenário positivo, a falta de chuva em abril e as geadas ocorridas em junho resultaram em restrições a culturas de segunda safra no Paraná, especialmente milho.

Já no Rio Grande do Sul, o baixo armazenamento hídrico do solo em junho atrasou o plantio dos cultivos de inverno. Entretanto, a partir de julho, o clima tem sido favorável, conforme indicam os dados de satélite.O último levantamento da safra, divulgado no dia 9 deste mês pela Conab, estimava uma produtividade para o milho segunda safra de 4.046 kg/ha, com um rendimento 29,2% inferior ao registrado na safra passada, por conta das adversidades climáticas. Já as culturas de inverno – trigo, aveia, centeio, cevada e triticale – apresentavam variações positivas nos três estados do Sul. Os dados de satélite confirmam as previsões.O Boletim de Monitoramento Agrícola, desenvolvido pela Gerência de Geotecnologia da Conab, avalia as condições atuais das lavouras em decorrência de fatores agronômicos e climáticos recentes, com base em registros de estações meteorológicas e dados de satélite. Além de auxiliar nas estimativas de safra, o monitoramento também é utilizado como apoio às análises de mercado e gestão de estoques públicos.

Fonte: MAPA