13 Feb 2017

Entre os dias 16 e 18 de feveiro ocorre a 27ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, numa realização da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), na Estação Experimental do Instituto Riograndense do Arroz (Irga), emCachoeirinha/RS. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, através da Embrapa, são apoiadores do evento. A unidade de pesquisas, de Pelotas,RS a Embrapa Clima Temperado, já no primeiro dia de evento, faz o lançamento da cultivar de arroz  irrigado BRS A701CL e a apresentação da BRS Pampa CL, as duas desenvolvidas para atender o sistema ClearField.

O evento mostra as novidades no setor orizícola no Brasil à cadeia produtiva do arroz, que estará reunida durante três dias, para apresentar os últimos avanços científicos e tecnológicos na cultura, bem como discutir a realidade sócio-econômica do setor em nível nacional e internacional.

O evento vai contar com roteiros de vitrines tecnológicas, forum técnico e mercadológico, incluindo palestras  e paineis diários, além de dinâmicas de veículos, máquinas e equipamentos rurais e a realização das reuniões da Câmara Setorial do Arroz e da Confederação de Entidades Latino-Americanas de Arroz (Celarroz). A abertura oficial da Colheita do Arroz 2017 acontece com a presença de autoridades, no sábado, dia 18, às 10h30.

Lançamento da cultivar de arroz irrigado para sistema Clearfield

A Embrapa Clima Temperado faz o lançamento oficial, em parceria com a Basf, nesta Colheita de 2017 das duas cultivares de arroz irrigado BRS A701CL e BRS Pampa CL, no dia 16 de fevereiro, às 18h15, no auditório principal da Estação do Irga.O manejo das lavouras de arroz com o auxílio do Sistema de Produção Clearfield® possibilita o controle eficaz do arroz-vermelho, principal planta daninha da orizicultura mundial.

A cultivar é oriunda do programa de melhoramento genético da Embrapa, obtida por retrocruzamento entre a cultivar comercial BRS 7 Taim  e a cultivar Cypress CL, que é uma fonte de resistência a herbicida do grupo químico da imidazolinonas.

A cultivar BRS A701 CL foi desenvolvida com o objetivo de combinar boas características agronômicas da cultivar BRS 7 Taim com a resistência ao herbicida de largo espectro Kifix® do grupo das imidazolinonas, característica esta encontrada na cultivar Cypress CL.

A BRS A701 CL apresenta ciclo médio, cerca de 130 dias da emergência à completa maturação, alto potencial de produtividade, alcançando 8,6 ton/ha. Possui resistência ao acamamento e ao degrane, e moderada tolerância à toxidez de ferro. É considerada uma planta moderna, com folhas lisas e eretas, porte baixo. È recomendada para culinária de qualidade, pois os grãos são do tipo “agulhinha”, de casca lisa e clara.

Segundo o pesquisador Ariano Magalhães Júnior, esta nova cultivar atende à demanda do setor produtivo, em substituição à cultivar BRS Sinuelo CL, que apresentava tolerância de primeira geração ao herbicida Only®, não tolerando o Kifix®.

Sementes desta cultivar podem ser adquiridas de produtores licenciados pelo Escritório de Negócios de Capão do Leão/Embrapa Produtos e Mercado (http://spm.embrapa.br/escritorios/capaoleao/historico/).

A segunda cultivar direcionada ao sistema de produção Clearfield, a BRS Pampa CL, será apresentada ao público e possivelmente lançada em 2018. Ela tem características semelhantes a BRS Pampa, com um o acréscimo de se adaptar ao sistema Clearfield,  que evita o aparecimento do arroz-vermelho. Ela permanece produtiva e com excelente qualidade de grão.

Em 2016 somente a BRS Pampa, conquistou um número duplicado de usuários que a cultivaram nas lavouras orizícolas gaúchas, se comparada ao ano de 2015. A expectativa é que se tenha um incremento na área de adoção entre 15 a 20%, nos próximos cinco anos. Com a apresentação da cultivar que adiciona em sua genética o sistema Clearfield o incremento poderá ser superior às expectativas da pesquisa.

Fonte: Embrapa