Mudar região - terça-feira, 28 de junho de 2016
Postado em: 02/11/2011 14:00:00
Fonte: Rural Centro
Editoria: Pecuária

Quem sabe responde: plantio de capim massai

Quem sabe responde: plantio de capim massai

O segundo conteúdo do Quem Sabe Responde desta quarta-feira é sobre capim massai. A dúvida é de Dangelus Chrysty, do Distrito Federal.

"Quero plantar sementes de capim massai, mas antes preciso saber sobre o plantio, custo da semente e qual a quantidade vem quando compramos?"

A resposta é de Osmair Nogueira, gerente nacional de vendas da Germipasto Sementes de Pastagem.

Plantio
Capim MassaiEm climas com estação chuvosa no verão, como a região Centro-Oeste, o plantio deverá ser realizado de meados de outubro até fevereiro, sendo a época ideal o período de 15 de novembro a 15 de janeiro.

O preparo de solo é o mesmo utilizado para a formação de outras pastagens, isto é, aração e gradagem. Por se tratar de uma semente muito pequena, quanto melhor o preparo do solo, melhor será a formação do pasto.

A semeadura poderá ser feita a lanço ou em linhas não mais do que a 20 centímetros de espaçamento entre linhas, a uma profundidade de 2 cm. Uma ligeira compactação favorece a emergência de plântulas.  

Recomenda-se 10 kg/ha de sementes com 35% VC (Valor Cultural), ou 10 Kg/ha de sementes incrustadas. O custo/ha para esta espécie está variando entre R$ 250,00 a R$ 280,00, para sementes adquiridas de empresas idôneas.

A embalagem é de 20 Kg.

Teor de lignina do capim massai
Outro questionamento que a série recebeu foi pelo Facebook da Rede Rural Centro. O nosso amigo Marcelo Barsante, de Uberaba/MG, perguntou sobre o teor de lignina do capim massai, que, segundo Osmair Nogueira, é de aproximadamente 6% na época das águas e de 6,4% na época da seca.

 

Qual pergunta a Rural Centro deve responder? Envie sua dúvida ou sugestão para jornalismo@ruralcentro.com.br com nome e sua cidade ou deixe nos comentários!

     
 
COMENTÁRIOS
11
Sandro Luís Araújo alves
Sandro Luís Araújo alves 
Tenho 200hct no município de mogeiro, índice pluviometrico em média 450mm, pretendo plantar capim para criação de bovinos, o capim da região é o urocroa consorciado com massai, que capim você indicaria
quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016  Responder
Pedro Henrique ataides de souza
Pedro Henrique ataides de souza 
Gostaria d plantar capim andropogon mais nao sei q quantidAde q eu uso por hequitari alguem sabe me informa isso?
quarta-feira, 25 de novembro de 2015  Responder
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Prezado Pedro Henrique,
A recomendação da quantidade de sementes de Andropogon é de 200 a 250 Pontos de Valor Cultural/ha (PVC/ha).
Para saber a Taxa de Semeadura (Kg/ha), deve-ser dividir a quantidade de PVC/ha, pelo Valor Cultural (VC) que você está adquirindo.
Assim:
Taxa de Semeadura (Kg/ha) = 200 a 250 PVC/ha / VC adquirido.
Solicite ao seu fornecedor de sementes o Valor Cultural da semente que você está adquirindo para utilizar a fórmula acima.
terça-feira, 5 de janeiro de 2016 
Fernanda Siqueira
Fernanda Siqueira 
Oi. Boa Tarde.
Eu gostaria de saber quantos kg eu planto em menos de 1 Alqueire. Não sei quanto da de chão, eu acho que da 1/5 de chão, acho não deve dar mais que isso.
Se eu plantar a quantia de 1 Alqueire pode prejudicar em alguma coisa a quantidade ?
Que tanto de calcário posso colocar ?
Obrigada, Fernanda!
sábado, 1 de novembro de 2014  Responder
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Fernanda,
As recomendações de semeadura (Taxa de Semeadura) é feito para 1 hectare (1 ha = 10.000 metros quadrados).
Além desta medida (hectare), utiliza-se ainda no Brasil as medidas: Alqueire Paulista (24.200 metros quadrados) e o Alqueire Mineiro, também chamado de Alqueirão (48.400 metros quadrados).
Dessa forma, poderá analisar a quantidade de sementes que deverá utilizar me sua propriedade fazendo-se a conversão a partir da recomendação para 1 hectare.
Quanto à recomendação de Calcário, esta deve sempre ser feita a partir da análise de solo. Assim recomendo a retirada de uma amostra do solo e de posse do resultado da análise, um técnico poderá fazer os cálculos para recomendar a quantidade ideal.
Lembro que calcário além do recomendado é mais prejudicial do que calcário abaixo do recomendado.
terça-feira, 5 de janeiro de 2016 
Mauricio Rocha da Silva
Mauricio Rocha da Silva 
Tenho uma propriedade no oeste da Bahia ( predominantemente cerrado, com pluviosidade média de 1020 mm- Novembro a Maio) são 62 hectares, das quais 10 ha ja foram desmatadas e plantadas com andropogon diante dos comentarios do Massai e de minha intensão substituir meu gado por ovinos/caprinos, estou pensando em plantar Massai, nas outras ha restantes ( cerca de 52 ha). Minha pergunta é, nas 10 ha de andropogon o que eu faço? Planto Massai nas falhas do Andropogon? retiro o Andropogon? Ou nao continuo com andropogon por toda propriedade?

Pretendo fazer analise de solo afim de fazer as correções adequados a nova cultura de capim.
Meu projeto consiste em criar santa ines,começar com mais ou menos 50 femeas em Março de 2015 e ir indo fazendo seleções e descartes de matrizes ate o ponto que eu tiver 300 matrizes santa ines, ( com 2 ou 3 anos)apos isso irei da inicio a cruzamento industrial com reprodutor Dopper e começar a confinar seus borregos, as matrizes serao mantidas no pasto ( sem irrigação) e os borregos em confinamento creep e confinamento intensivo de engorda.
domingo, 17 de agosto de 2014  Responder
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Prezado Sr. Maurício,
A diversificação de pastagem é uma prática recomendada na pecuária.
Dessa forma, recomendo a utilização de mais um uma espécies de forrageira na propriedade.
O Andropogon é uma espécie mais tolerante a solos de baixa fertilidade para regiões com índices pluviométrico mais baixos, enquanto o Massai necessita de solos de média a alta fertilidade.
Como está iniciando a atividade de exploração pecuária de ovinos, recomendo a utilização de mais de uma espécie de forrageira (capim), assim poderá avaliar as que melhor se adaptam em sua região.
Aproveito para parabenizar pelo projeto.
Sucesso!
terça-feira, 5 de janeiro de 2016 
odilon menezes
odilon menezes 
Bom dia, gostaria de saber se esta espécie de capim se adapta ao clima seco da região nordeste? tenho 200 tarefas de terra, quantas sacas vou precisar pra semear esta área. Desde já agradeço,muito obrigado!
sábado, 11 de maio de 2013  Responder
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Prezado Odilin Menezes, o Panicum maximum cv. Massai (Capim Massai) é recomendado para regiões com índice pluviométrico a partir de 800 mm anuais. Caso em sua região as chuvas ocorram acima desta quantidade, o uso desta pastagem pode ser recomendado. Sabemos que o semi-árido nordestino apresenta índices abaixo de 800 mm, não sendo assim recomendado para esta região.
sábado, 26 de julho de 2014 
ricardo cabral sales de melo
ricardo cabral sales de melo 
espassamentos, profunidades e quantidade de sementes no plantio foram muito bem esclarecidos, mas tenho uma dúvida: o capim massai para pastagem de cavalos suportará região com muitas árvores e sol no solo apenas 30% , (o que passa entre os galhos das árvores).
sexta-feira, 14 de setembro de 2012  Responder
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Sr. Ricardo Cabral, a Embrapa tem estudado o Massai para áreas de integração Pastagem/Floresta e os resultado estão sendo promissores, justamente por ser um capim que adapta-se bem com sombreamente. A quantidade de 30% de luz incidente é pouco para pastagem de clima tropical, que exige uma quantidade de luz maior para expressar seu potencial produtivo. O que poderá ocorrem nesta condição de luz, é que as plantas tendem a alongar mais os colmos, em busca de mais luz, e perfilharem pouco, diminuindo a produtividade de massa. Antes de utilizar em áreas maiores, recomendo realizar um teste para certificar dos resultados.
sábado, 26 de julho de 2014 
cileia almeida
cileia almeida 
boa noite gostaria de saber quantos kls de semente e usado por alqueirão e se pode ser plantado na matraca e se poderei deixar um espaço maior q 20cm por exemplo plantar uma distancia de 40cm e eu deixar a semente cair esse espaço sera formado com a semente q caiu possuo dois tipos de solo capoeirão terra preta e fofa e serrado terreno duro e cheio de pedras pequenas acredito q no capueirão nao precisarei de gradear ou a gradagem se fas nesessaria grata por sua atenção e fico no aguardo de sua resposta
sábado, 5 de maio de 2012  Responder
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
A Taxa de Semeadura está relacionado com as condições de plantio e o Valor Cultural da semente adquirida.
A Taxa de Semeadura para o Massai é:
Condições Ótimas: 300 PVC/ha
Condições Médias: 400 PVC/ha
Condições Adversas: 500 PVC/ha
O cálculo para determinar a quantidade de semente a ser utilizado hectare é dado pela fórmula: PVC/ha / VC da semente
O cálculo para alqueirão é: (PVC/ha / VC da semente) x 4,84
Como exemplo, uma Condição Média e uma semente com 35% de Valor Cultural (VC)
Quantidade a Semear = (400 / 35) x 4,84 = 55,3 Kg de semente/Alqueirão
sábado, 26 de julho de 2014 
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Consideramos:
Condições Ótimas: uma área com bom preparo do solo, corrigida com calcáreo, época ideal de semeadura ( época das chuvas), semeadora em bom estado de conservação e que permita regularem precisas, incorporação das sementes. Importante que para considerarmos Condição Otima, todos este itens devem estar contemplados.
Condição Média: área de reforma de pastagem (com utilização da mesma espécie), bom preparo do solo, época ideal de semeadura, incorporação das sementes.
Condições Adversas: Semeadura antecipada ou atrasada quanto à época ideal de semeadura, substituição de espécie, área com risco de erosão, solos muito arenosos, preparo de solo deficiente, incidência de plantas daninhas na área. Para considerarmos Condições Adversa, basta que um destes itens esteja presente.
sábado, 26 de julho de 2014 
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Quanto à semeadura com a utilização de matraca (toc-toc ou saraquá), recomendamos o menor espaçamento possível (20 cm entre covas). O Massai é uma planta cespitosa e que não apresenta hábito de crescimento estolonífero, além disso seu porte é baixo. Quanto maior for o espaçamento entre covas, maior a possibilidade de surgimento de plantas invasoras e de compactarão do solo, devido ao pisoteio dos animais diretamente no solo.
A ressemeadura natural ou mesmo semeadura posterior nas áreas entre plantas não tem demonstrado ser eficiente pois em virtude da entrada dos animais na área, as plântulas que germinarem entre as touceiras poderão ser comprometidas pelo pisoteio ou mesmo pelo pastejo dos animais. Desta forma, recomendo utilizar o espaçamento entre covas de no máximo 25 cm o Massai.
sábado, 26 de julho de 2014 
Saulo Mendes de Melo Alcanfor
Saulo Mendes de Melo Alcanfor 
Qual a finalidade de grafitar a semente,
terça-feira, 21 de fevereiro de 2012  Responder
Saulo Mendes de Melo Alcanfor
Saulo Mendes de Melo Alcanfor 
Eu fiz uma pergunta há mais de seis meses e ate o momento não foi respondida.QUAL A FINALIDADE DE GRAFITAR A SEMENTE DE CAPIM ?
sauloalcanfor@hotmail.com
sábado, 13 de julho de 2013 
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Prezado Sr. Saulo,
Desculpe-me pela demora na resposta de seu questionamento.
Estive ausente por um tempo do Portal RuralCentro mas retornei para responder as dúvidas referente ao post que fiz sobre o Capim Massai.
Quanto à utilização de grafite em sementes de pastagem posso dizer que existe duas técnicas de utilização de grafite nas sementes.
A primeira trata-se do revestimento (incrustação) de sementes com o uso de grafite. O revestimento é uma utilizado com a finalidade de aumentar o peso e o tamanho das sementes para melhoria da condição de plantabilidade.
Esta técnica de incrustação está em pleno crescimento no Brasil e tem a finalidade de eliminar os matériais inertes que acompanham as sementes comercializada hoje como: palha, terra, torrão e gravetos.
Assim, eleva-se as sementes para patamares acima de 90% de Pureza e realiza-se a incrustação (revestimento) das sementes para que a semeadura possa ser executada com facilidade pelas semeadoras disponíveis no mercado. Neste processo, a quantidade de grafite utilizada é elevada.
Algumas empresa revestem apenas com grafite, outras revestem com outros materiais e fazem o acabamento do revestimento -última camada com grafite
terça-feira, 5 de janeiro de 2016 
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Outro emprego do grafite em sementes consiste de uma pequena quantidade para que as sementes tenham melhor fluidez pelas máquinas semeadoras, evitando o "embuchamento" no momento da semeadura.
Resumindo, o grafite pode ser utilizado no processo de revestimento de sementes, aumentando peso e o tamanho das sementes, como apenas para melhoria da fluidez nas máquinas de semeadura.
terça-feira, 5 de janeiro de 2016 
Adão Nogueira
Adão Nogueira 
qual o nível de proteina e resitencia ao frio no sul do pais?
Ainda, onde comprar a semente, e qual o preço do KG?
quinta-feira, 17 de novembro de 2011  Responder
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
Prezado Adão Nogueira, está comprovado que o Massai não resiste a geada. Assim, não recomendo para região sul do Brasil.
Quanto a onde comprar e preço, este pode variar de ano para ano e de estado para estado em virtude de frete e icms.
Ao clicar em Capim Massai grifado no texto, você será direcionado para alguns fornecedores deste produto.
sábado, 26 de julho de 2014 
FERNANDO FONSECA
FERNANDO FONSECA 
este capim eu nunca ouvi falar! mas qual o nivel de proteina dele e ele se compara a qual capim?
quinta-feira, 3 de novembro de 2011  Responder
Osmair Nogueira
Osmair Nogueira 
O Massai é um Panicum maximum, da mesma família do Colonião, Tanzania, Mombaça e Zuri, mas se diferencia destes em virtude do porte, largura das folhas, época floração, etc.
Assim, não temos outro material para utilizarmos de comparação.

Seguem algumas informações relevantes sobre este capim.
Dados da Embrapa - CNPGC

Características..............................Período das Águas..........Período da Seca
Proteína Bruta na MS..............................11,0%...............................5,0%
Digestibilidade in vitro.............................59,0%..............................50,5%
Taxa de lotação (UA/ha).......................3,0 a 6,0..........................1,5 a 2,0
Ganho de Peso (g/cab/dia)..................400 a 700 g........................100 g
Produtividade (Kg PV/ha).......................750 Kg.............................500 Kg
sábado, 26 de julho de 2014 
Social
RC Mercado
RC Mercado
Siga-nos
Facebook
Orkut
Twitter
 
 
 
© 2012 - Rural Centro - Todos os Direitos Reservados. r1.1.5246.22724
x

Veja mais notícias