07 Oct 2016

O mês de outubro é conhecido internacionalmente como “Outubro Rosa”, nome que remete à cor do laço que simboliza a luta contra o câncer de mama. A campanha estimula população, empresas e entidades a desenvolverem ações de conscientização e prevenção da doença, como é o caso do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), que orienta as produtoras rurais catarinenses em relação ao autocuidado por meio do programa especial “Saúde da Mulher Rural”.

Até o momento, já foram promovidas oito edições do programa em todas as regiões do Estado. No dia 25 de outubro (terça-feira), será a vez da comunidade de Santa Helena, em Joaçaba receber as ações do Saúde da Mulher Rural. A iniciativa será desenvolvida em parceria com o Sindicato Rural e a Secretaria de Saúde do município.

Conforme explica a coordenadora do programa no Estado, Estela Macedo, o evento tem como foco as mulheres do meio rural que nunca fizeram ou que estejam com o exame preventivo atrasado há pelo menos dois anos. Estela destaca que as produtoras rurais terão acesso a exames Papanicolau, atendimento no espaço beleza, palestras educativas e kits saúde, além de lanche e almoço. “Todas as atividades serão voltadas à conscientização sobre os hábitos saudáveis que possam contribuir com a melhoria da qualidade de vida e o bem-estar das produtoras”. 

Segundo o presidente da Faesc, José Zeferino Pedrozo, a intenção do Sistema Faesc/Senar é gerar oportunidades de educação, prevenção e diagnóstico do câncer do colo do útero nas comunidades, levando conhecimentos que possibilitem a mudança de atitude favorecendo para uma melhor qualidade de vida. “O programa visa estimular os cuidados com a prevenção de doenças em todas as famílias rurais”.

O superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, salienta que a preocupação é reduzir o número de vítimas de câncer no meio rural. “É necessário chamar a atenção para o diagnóstico precoce das doenças. Em outubro, por se tratar do mês internacional de prevenção do câncer, as ações em todas as esferas são intensificadas, mas o Senar/SC desenvolve programas de conscientização durante todo o ano. Para nós a saúde no campo é a saúde do Brasil”.

Fonte: Senar/SC