08 Jul 2016

A produção brasileira de milho deverá totalizar 76,265 milhões de toneladas na temporada 2015/16, com recuo de 13,72% sobre a safra anterior, de 88,397 milhões de toneladas. A projeção faz parte de levantamento divulgado hoje por SAFRAS & Mercado e leva em conta as perdas registradas por fatores climáticos na safra verão e na safrinha. Na estimativa anterior, divulgada em maio, a produção era estimada em 78,913 milhões de toneladas.

De acordo com o analista de SAFRAS & Mercado, Paulo Molinari, deve haver uma elevação de 2,7% na área a ser plantada, que ocuparia 16,108 milhões de hectares, contra 15,685 milhões de hectares do ano anterior. O levantamento projeta rendimento médio de 4.734 quilos por hectare, abaixo da temporada anterior, quando a produtividade ficou em 5.636 quilos por hectare.

Molinari afirma que a safra de verão da região Centro-Sul deverá cair de 25,116 milhões de toneladas para 22,549 milhões de toneladas. A área recuou 14,6%, de 4,536 milhões de hectares para 3,873 milhões de hectares. O rendimento ficou em 5.822 quilos por hectare.

O levantamento indica plantio de 10,976 milhões de hectares na segunda safra, ou safrinha, subindo 16,4% sobre o ano anterior. “O rendimento deve ficar em 4.500 quilos por hectare, bem abaixo dos 5.970 quilos por hectare do ano passado”, comenta. A produção da safrinha no Centro-Sul está estimada em 49,388 milhões de toneladas, abaixo das 56,277 milhões de toneladas colhidas na temporada passada.

 

Fonte: Safras e Mercados