Países asiáticos abrem mercado para carnes brasileiras

19 Sep 2016

Na matéria de hoje do Blog da Carne trazemos mais boas notícias do mercado.

O Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Blairo Maggi, informou ontem (19), que o Brasil fechou um acordo comercial com a Malásia para exportar carnes bovina, suína e de frango para o país.

Maggi, que está em uma missão na Ásia desde o dia 1º de setembro, já tinha anunciado a abertura do mercado do Vietnã para estas carnes na última sexta-feira (16).

Ambos os acordos dependem de visitas técnicas de equipes especializadas dos países para liberação. 

Fonte: Twitter Blairo Maggi/Divulgação

A Malásia e o Vietnã fazem parte da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), segundo maior bloco comercial do mundo, com um PIB de US$ 2,6 trilhões. Só o Vietnã soma 94 milhões de habitantes. Acompanhado de 35 empresários de 12 setores do agro, a missão ainda contemplou e contemplará a China, Coreia do Sul, Hong Kong, Tailândia, Myanmar e Índia.

Os países asiáticos são os principais países de destino do agronegócio brasileiro, correspondendo a 45% do total exportado, e a aliança com estes mercados trará consequências positivas para a pecuária brasileira. A também recente abertura do mercado dos EUA para a carne bovina brasileira significou o reconhecimento dos esforços realizados para aprimorar a qualidade da nossa carne. Se o mercado americano é referência para muitos países, a possibilidade de conquistarmos outros mercados exigentes aumenta.

Assim, cada vez mais, a pecuária brasileira que investe em genética, manejo, nutrição e sustentabilidade se torna protagonista no mercado mundial.

 

Autora: Juliana Chini, Economista (ESALQ/USP),
Mestre em Gestão Internacional (ESPM) e Fundadora do Blog da Carne

Fonte: Rural Centro