27 Jan 2017

Técnicos da Equipe 3 deixam Cuiabá nesta terça-feira, dia 31, para percorrer lavouras de soja precoce nas regiões de Primavera do Leste, Alto Garças e Rondonópolis até o final da semana

A região Sudeste do Mato Grosso recebe a Equipe 3 do Rally da Safra 2017, principal expedição técnica privada para monitoramento da safra de grãos no Brasil, entre os dias 30 de janeiro (segunda-feira) e 04 de fevereiro (sábado). Os técnicos irão a campo avaliar as condições das lavouras de soja precoce. “Nossa expectativa é de um viés de alta na safra do Estado. Percorremos a região Médio Norte do Mato Grosso em meados de janeiro, com a Equipe 1, para avaliar as áreas de soja precoce, e encontramos produtores otimistas e lavouras com média de produtividade maior que no ano passado”, explica Fabio Meneghin, analista e sócio da Agroconsult, organizadora da expedição.

O excesso de chuvas no Estado trouxe aos produtores o desafio de tirar a safra do campo. “O clima atrapalhou essa etapa, mas não a ponto de causar perdas. As breves janelas permitiram a colheita. Este ano o humor dos produtores mato-grossenses está diferente, eles já planejam mais investimentos. É uma combinação de safra boa, juros em queda e retomada da confiança”, complementa Meneghin.

Nesta fase da expedição, os técnicos avaliarão lavouras de soja precoce em Primavera do Leste na terça-feira, dia 31, e quarta-feira, dia 01 de fevereiro. Na sequência farão visitas às propriedades da região de Alto Garças e Alto Taquari na quinta, dia 02, e Rondonópolis e Itiquira, dia 03, finalizando o trecho em Cuiabá no dia 4. O Rally voltará ao MT entre os dias 13 e 23 de fevereiro com as Equipes 4 e 5 para verificar as lavouras de ciclo médio e tardio.

Os técnicos do Rally vão a campo verificar o potencial produtivo das lavouras, participação de transgênicos, características físicas e nutricionais da soja, níveis de fertilidade do solo e pragas, doenças e plantas daninhas, entre outros dados. Farão ainda entrevistas com produtores da região visitada.

Segundo projeções pré-Rally da Agroconsult, organizadora do projeto, o maior estado produtor nacional de soja deverá colher uma safra de 30,2 milhões de toneladas, volume 13% maior se comparado com a safra passada. A área plantada deverá crescer 4%, chegando a 9,5 milhões de hectares.

No Brasil, a estimativa, a ser confirmada durante as visitas às lavouras, é de uma produção de 105,0 milhões de toneladas, volume 9,0% maior em relação à safra passada. A produtividade deve alcançar 51,3 sacas por hectare, o que significa um desempenho 6,4% maior sobre 2015/16. “Esperamos uma boa safra, principalmente no Mato Grosso, onde as condições climáticas estão melhores que no ano passado”, afirma André Pessôa, coordenador geral do Rally da Safra e diretor da Agroconsult, organizadora da expedição.

Assim como em anos anteriores, a influência do clima deve pautar o desenvolvimento das lavouras de soja no País.  De maneira geral, a expectativa é de uma safra melhor em relação à 2015/16. Até o momento, os produtores têm reportado clima favorável e com grande potencial de recuperação de produtividades.

Novidade

Nesta edição do Rally da Safra 2017, os técnicos ampliarão a permanência no campo, ficando de janeiro a agosto entre o trabalho de levantamento nas lavouras e 15 eventos regionais com produtores do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Serão oito equipes em campo para avaliar amostras de soja e três para verificar o milho segunda safra, em um total aproximado de 85 mil quilômetros percorridos. Mais de 1.000 lavouras serão avaliadas em 12 estados brasileiros que correspondem por 95% da área de produção de soja e 85% da área de produção de milho safrinha.

A Equipe 1 do Rally da Safra 2017 percorreu a região Médio-Norte do Mato Grosso entre os dias 16 e 21 de janeiro. A Equipe 2 avaliou lavouras de soja no Paraná e Mato Grosso do Sul, entre os dias 23 e 28. Os técnicos das Equipes 4 e 5 voltam ao MT entre os dias 13 e 23 de fevereiro, chegando então a MG. Já a 6 percorrerá as lavouras de MG, GO e BA. A Equipe 7 visitará áreas nos Estados do Sul entre os dias 13 e 19 de março e a Equipe 8, a região do MAPITOBA, entre 18 e 24 de março. Nesta edição, outras três equipes avaliarão o milho segunda safra entre os dias 08 e 26 de maio no Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná.

Organizado pela Agroconsult, o Rally da Safra 2017 chega à 14ª edição com patrocínio do Banco Santander, Bayer, Monsanto, Pirelli, VLI, Volkswagen, Yara e com apoio da Aprosoja MT, Agrosatélite, FIESP, Fundação Agrisus e Impar Consultoria no Agronegócio.

O trabalho das equipes e o roteiro completo da expedição poderão ser acompanhados pelo site www.rallydasafra.com.br, com informações atualizadas diariamente no www.twitter.com/RallydaSafra , www.facebook.com.br/RallydaSafra e www.instagram.com/rallydasafra

 

EQUIPE 3 - EQUIPE PETROVINA

 

 

DATA

MUNICÍPIO

UF

OBSERVAÇÃO

30/jan seg

Cuiabá

MT

Concentração da Equipe

31/jan ter

Primavera do Leste

MT

Pernoite

01/fev qua

Primavera do Leste

MT

Pernoite

02/fev qui

Alto Garças

MT

Pernoite

03/fev sex

Rondonópolis

MT

Pernoite

04/fev sáb

Cuiabá

MT

Final da Etapa

Fonte: Assessoria de Comunicação Rally da Safra