15 Jul 2016

A prefeitura de União do Sul (689 km de Cuiabá) decretou situação de emergência no município pela estiagem. Há cerca de dois meses não chove no município e as perdas na produtividade do milho 2ª safra chegam a 80% em relação à média dos últimos anos e até mesmo perdas totais em várias lavouras.

O decreto de situação de emergência por estiagem, assinado pelo prefeito Ildo Ribeiro de Medeiros, tem vigência de 90 dias e pode ser prorrogado para igual período.

Conforme a publicação, o sistema Estadual de Defesa Civil foi autorizado pelo município para desencadear o "Plano Emergencial de Respostas aos Desastres".

A prefeitura de União do Sul destaca que a base econômica do município é o setor agropecuário, em particular a agricultura, e que a falta de chuvas causou perdas significativas nas lavouras, o que irá implicar na redução da receita do município.

Consta ainda no decreto que em função da estiagem precoce e extemporânea a colheita de milho vem apresentando redução de 80% na produtividade e em alguns casos chegando a perda total da lavoura. Na soja constatou-se retração de aproximadamente 30% da produtividade.

Fonte: Olhar Direto