16 Aug 2016

A Câmara de Política Agrícola e Crédito Rural (CPACR), coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), aprovou nesta semana 108 cartas consulta para financiamento de atividades rurais, que estão aptas para obter recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO/Rural), totalizando um investimento de R$ 219 milhões. No total foram analisadas 121 propostas. Os projetos, de acordo com o Governo do Estado, aprovados se destinam à aquisição e retenção de matrizes, equipamentos e insumos agrícolas, irrigação e piscicultura, sendo estes dois últimos setores prioridades do Estado. A previsão de geração de postos de emprego gira em torno de 469 diretos e 471 indiretos.FCO Rural O FCO Rural tem como público-alvo produtores rurais, pessoas físicas e jurídicas, cooperativas de produção e associações que exercem atividade produtiva no setor rural e que desejam iniciar, ampliar e modernizar seus empreendimentos na região Centro-Oeste.

São oferecidas condições diferenciadas, como taxas de juros, limites financiáveis e prazos de pagamento e de carência. O produtor rural pode buscar todas as informações necessárias para a captação dos recursos nas agências do Banco do Brasil, Sicredi e MT Fomento.A CPACR é formada por representantes do Governo do Estado, entidades do segmento agropecuário e sociedade civil. A Câmara tem o objetivo de apresentar propostas de reformulação de Política Agrícola e Agrária Estadual, deliberar sobre projetos de financiamento para o desenvolvimento da agriculta em Mato Grosso e subsidiar as decisões do Conselho de Desenvolvimento Agrícola da Sedec.

Fonte: Olhar Direto