Leilão Primavera Genética Aditiva 2014
AO VIVO - 25 de outubro - Início: 13:00hs (14:00hs horário de Brasília)
 
 
Mudar região - sábado, 25 de outubro de 2014
Postado em: 02/02/2010 08:58:56
Fonte: Só Notícias
Editoria: Geral

Milho atinge produtividade média de 75,9 sacas/hectare em Mato Grosso

A área a ser cultivada com o milho segunda safrinha deve chegar à 1,7 milhão de hectares, o que corresponde a 28,1% da área semeada na primeira safra, uma porcentagem maior do que a plantada em anos anteriores. Só Notícias/Agronotícias teve acesso aos dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), que apontam produtividade média de 75,9 sacas, ou, 4.560 quilos de milho por hectare. A projeção é que a safra 2010 renda ao Estado 8,09 milhões de toneladas. Segundo o Imea, colaboraram para essa super safra a qualidade do pacote tecnológico aplicado na lavoura e o plantio antecipado.

Contudo, apesar da alta produtividade, o preço está em baixa. A média de comercialização do produto nos doze pontos monitorados pelo Instituto ficou em R$ 7,10. Uma desvalorização de 21% em relação à dezembro de 2009 e de 48% no comparativo com janeiro do ano passado. O preço futuro dos contratos para julho está em R$ 7. A situação mais preocupante é de Sorriso, onde a saca está sendo comercializada a R$ 7,20 mais barata do que o preço mínimo estipulado pelo governo, de R$ 13,20 para o Mato Grosso. Na cidade, a saca é vendida a R$ 6, o que equivale a apenas 45,45% do valor estipulado. A região também aponta redução acumulada de R$ 1,50 desde o início do ano.

Conforme Só Notícias/Agronotícias já informou, nenhuma cidade mato-grossense vende o produto pelo preço mínimo. O melhor índice da semana de 25 a 29 de janeiro, praticado em Rondonópolis, com R$ 9 para oferta de compra e R$ 10,80 no pedido de venda, também apresenta queda acumulada de R$ 0,90. Na sequência vem Campo Verde com oferta de R$ 8 (compra) e de R$ 9,80 (venda), R$ 0,90 a menos do que o valor praticado na primeira semana do ano.

Primavera contabilizou R$ 8 para oferta de compra e R$ 9,80 no pedido de venda, R$ 0,90 a menos. Lucas fechou com solicitação de preço pelos produtores em R$ 8,70 e a oferta de compra em R$ 6,20, queda acumulada de R$ 1,20. Em Canarana o valor ficou em R$ 8 (compra) e R$ 10,20 (venda), redução de R$ 1,50 nos últimos dias.

Tangará da Serra ficou em R$ 7 (compra) e R$ 8,80 (venda), R$ 0,50 a menos por saca em relação ao início do mês. Sapezal registrou R$ 6,40 (compra) e R$ 8,70 (venda), amargando queda de R$ 1,10 a saca.

Em dezembro de 2009, Mato Grosso exportou 1,06 milhão de tonelada do grão, o principal comprador foi Taiwan que embarcou 169 mil toneladas. No acumulado do ano, o Estado exportou 5,09 milhões de toneladas. O principal destino do milho mato-grossense foi o Oriente (Arábia Saudita, Coréia do Sul, Filipinas, Irã, Malásia e Taiwan), que comprou 63% desse total. O país todo comercializou com o exterior 7,76 milhões de toneladas, 91% delas produzidas no Mato Grosso.
 

     
 
Social
RC Mercado
RC Mercado
Siga-nos
Facebook
Orkut
Twitter
 
 
 
© 2012 - Rural Centro - Todos os Direitos Reservados. r1.1.5246.22724
x

Veja mais notícias