Mato Grosso seguirá líder em produção agrícola até 2026

19 Jul 2016

A produção de soja e milho em Mato Grosso deve subir 39,01% nos próximos 10 anos, um salto de 48,692 milhões de toneladas no ciclo 2015/2016 para 67,689 milhões projetados para a safra 2025/2026. A perspectiva consta no estudo Brasil – Projeções do Agronegócio 2015/2016 a 2025/2026, elaborado pela Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O estudo aponta que Mato Grosso continuará sendo o principal polo agrícola do país. A previsão é que a produção de grãos brasileira salte de 196,5 milhões de toneladas para 255,3 milhões de toneladas no período analisado.

Somente a produção de soja em Mato Grosso tende a crescer 37,1% nas próximas 10 safras. O estudo aponta um crescimento das atuais 27,968 milhões de toneladas para 38,355 milhões de toneladas. Já o milho alta de 41,5%, de 20,724 milhões de toneladas para 29,334 milhões de toneladas entre as safras 2015/2016 e 2025/2026.

Cana-de-açúcar

A produção de cana-de-açúcar terá expansões significativas no período analisado, com destaque para Mato Grosso com incremento de 39,4%, Mato Grosso do Sul de 41,3% e Goiás de 35%.

Conforme o estudo, a produção de cana-de-açúcar em Mato Grosso deve saltar de 18,822 milhões de toneladas para 26,243 milhões de toneladas. Em São Paulo, principal produtor, a expansão ocorre de forma modesta de apenas 25,2%.

Fonte: Olhar Direto