21 Feb 2017

Cafeicultores dos três maiores estados produtores de café conilon do Brasil, (Espirito Santo, Bahia e Rondônia), estão prevendo manifestações e paralizações de rodovias em protesto a autorização, para que o Brasil, maior produtor mundial, faça importação de café.
 
O Brasil com uma produção estimada de 43 e 47 milhões de sacas beneficiadas para safra 2017 está prestes a importar café do Vietnã, a autorização está nas mãos  da Camex (Câmara de Comércio Exterior), órgão do governo federal, com a próxima reunião marcada para o dia 22 de fevereiro. 
 
Em pronunciamento na tribuna da câmara federal, o deputado Mário Heringer PDT/MG, afirmou de forma enfática, “Coloco sob suspeita essa decisão, isso poderá vir a ser, meu presidente Michel Temer, mais um escândalo, como aqueles que agente já assistiu, ..., eu quero,  Ministro Blairo Maggi que o senhor reflita antes de tomar esta decisão.” 
 
“Manipulação de preços”, uma liderança dos produtores entrevistado, que pediu para não ser identificado, avalia que a autorização para importação de café se trata de uma mega manipulação de mercado, “tendo em vista que a alegação da indústria é que está faltando café, à importação de um milhão de sacas de café, sendo autorizada agora, chegará ao Brasil em plena safra,  safra que a Conab estima numa produção de conilon entre 8,64 e 9,63 milhões de sacas, então a importação não se justificativa.” 
 
Especialistas do setor de produção consultados, são unanimes em dizer que a importação de café será uma fatalidade para toda a cafeicultura brasileira, seja na área fitossanitária com a entrada de doenças e patógenos que no logo prazo poderá destruir a cafeicultura nacional. No âmbito comercial, um produtor do sul de Minas Gerais afirma que o Governo Temer estará estimulando a geração de emprego e o aumento da produção de café em outros países enquanto o Brasil passa por uma das maiores crises de sua história, afirma produtor.  
 
Políticos de diversos estados e partidos engrossam o corro contra a importação de café, está marcada para esta terça-feira (21) no Palácio do Planalto, uma reunião entre a Frente Parlamentar Mista do Café e o Ministro-Chefe da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, onde os deputados pretendem alertar o governo sobre o erro da importação de café.
 
Consultada sobre as citações ao presidente Michel Temer a Casa Civil da Presidência, até o fechamento desta matéria, ainda não se pronunciou.

Fonte: Antônio Sérgio