29 Nov 2016

As cotações do trigo ao produtor registram quedas expressivas no Brasil, desde agosto, quando as estimativas passaram a indicar crescimento na produção neste ano. Com isso, pelo menos desde meados de setembro que os valores recebidos pelos produtores estão abaixo do mínimo governamental, de R$ 38,65/saca de 60 kg (ou R$ 644,17/tonelada) para a região Sul do País. Segundo dados do Cepea, no norte do Paraná, de 21 a 25 de novembro, o preço médio do trigo ao produtor (preço de balcão) foi de R$ 35,00/sc de 60 kg; no oeste paranaense, de R$ 34,65/sc; no sudoeste paranaense, de R$ 34,74/sc; em Passo Fundo (RS), de R$ 29,00/sc; e em Ijuí (RS), de R$ 29,20/sc.

Na sexta-feira, 25, o Mapa anunciou que a Conab será a responsável pela realização de leilões de Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural) e Pep (Prêmio para Escoamento do Produto) no próximo dia 2 de dezembro. O governo disponibilizou R$ 150 milhões em apoios à comercialização da safra 2016/17, com previsão de intervenção de 100 mil toneladas para Rio Grande do Sul, 100 mil toneladas para o Paraná e 15 mil toneladas, para Santa Catarina. 

Fonte: Cepea