Evento apresenta os benefícios da integração lavoura pecuária

07 Feb 2017

O pecuarista de leite ou corte tem a opção de somar rendas em sua atividade, com a alternância de culturas como pasto, soja, milho, sorgo e componentes florestais. Essa prática, além de ser benéfica comercialmente, contribui com a fertilidade do solo e melhorara o desenvolvimento do capim.

 

Negociar bons preços na compra de bois magros ou na genética de novilhas e equilibrar os custos com a nutrição animal, são aspectos que fazem parte da rotina dos pecuaristas que buscam o maior lucro final na atividade. Porém, um mercado tão inserto, necessita de novas alternativas de incremento de renda e essa é a proposta da integração lavoura pecuária e integração lavoura pecuária e floresta.

A dinâmica desse processo será apresentada em Dia de Campo organizado pela Coopercitrus, Embrapa Pecuária Sudeste e EECB (Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro), no dia 15 de fevereiro, às 8h, nas dependências da EECB, onde as empresas mostrarão os resultados adquiridos pela Unidade de Referência Tecnológica em ILPF que foi implementada em dezembro de 2015.

O sistema consiste em utilizar a área de pastagem para o implemento de até 3 culturas ao ano. Ou seja, no pasto que está para ser reformado, o pecuarista inicia o processo com o plantio de soja, após a colheita, uma segunda cultura pode ser utilizada como o milho ou o sorgo, já realizando a semeadura do capim. “Com esse sistema, o produtor consegue ter um rendimento o ano todo. Além de fazer uma recuperação da fertilidade do solo, vai melhorar o fluxo de receita da propriedade. Com a entrada dessas novas culturas, ele vai ter a receita da soja, do milho ou sorgo e, caso implante o componente florestal, terá o rendimento da madeira”, explica o gerente do departamento técnico agropecuário da Coopercitrus Antonio Reinaldo Pinto Silva.

Dentre os assuntos abordados no evento estão os sistemas de integração implantados e a evolução da fertilidade do solo; uma explicação sobre as espécies forrageiras tropicais; a formação de pastagens em sistema de agropastoril; características e manejo dos sistemas agrossilvipastoril e silvipastoril e as características de cultivares de soja da Embrapa.

Os produtores rurais interessados em participar do evento devem confirmar presença através do telefone (17) 3344-3184.

Fonte: Assessoria de Imprensa Coopercitrus