Embrapa e empresa da Índia fecham acordo de R$ 100 mi para pesquisa em leguminosas

23 Sep 2016

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a multinacional indiana UPL assinaram acordo de cooperação para pesquisa com leguminosas de grãos (pulses), como lentilha e grão de bico. O anúncio foi feito pelo ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), que está em missão oficial ao país asiático. A UPL planeja investir US$ 100 milhões no desenvolvimento e produção de pulses no Brasil para exportar ao mercado indiano.

Segundo o presidente da Embrapa, Maurício Lopes, que integra comitiva liderada por Blairo, a demanda da Índia por esses produtos está crescendo de forma expressiva. A projeção é que possa chegar a 30 milhões de toneladas por ano até 2030. A cooperação foi anunciada durante encontro do ministro da Agricultura com diretores da UPL.

O acordo prevê um custo inicial de R$ 100 mil para que a Embrapa possa importar e avaliar o grau de adaptação do material. Esse recurso será transferido pela UPL à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A visita à Índia é a última etapa da missão do ministro Blairo a sete países asiáticos. Ele também já esteve na China, Coréia do Sul, Tailândia, Mayanmar, Vietnã e Malásia.

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento