02 Dec 2016

O movimento de alta nos preços das frutas cítricas pode ser freado neste mês.  Ainda que a disponibilidade de laranjas continue limitada, a maior oferta de outras frutas, como as de caroço, que são comumente consumidas durante as festas de fim de ano, já têm enfraquecido a demanda por cítricos no estado de São Paulo desde a semana passada. Esse cenário deve continuar sendo verificado no correr deste mês, mesmo que levemente. Segundo pesquisadores do Cepea, além da concorrência com outras frutas, a laranja está sendo comercializada a patamares nominais recordes, o que limita a procura.

Em dezembro, também deve crescer a oferta das frutas temporãs e da folha murcha, variedade de laranja tardia apreciada no mercado in natura. Neste cenário, alguns produtores apostam, inclusive, em mercado aquecido somente a partir de janeiro. Na parcial desta semana (segunda a quinta-feira), a laranja pera registrou média de R$ 34,82/caixa de 40,8 kg, na árvore, queda de 0,6% em relação à da semana passada. 

Fonte: Cepea