Carne mais consumida no mundo é desafio no Brasil

01 Aug 2016

As exportações brasileiras de carne suína cresceram 54,7% no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que projeta um crescimento de 30% nas exportações desta carne em 2016. Ao todo, o setor espera embarcar 710 mil toneladas.

No primeiro semestre deste ano, as exportações de carne suína totalizaram 353,3 mil de toneladas no primeiro semestre de 2016, desempenho 54,7% superior ao registrado no ano passado. A receita em dólar avançou 14,8%, para US$ 633,8 milhões. Apenas em junho foram embarcadas 61,322 mil toneladas, volume 29,5% superior ao mesmo mês de 2015.

A ABPA prevê aumento dos embarques no segundo semestre, principalmente para a Rússia, além da abertura de novos mercados e aumento do consumo global. “As exportações de carne suína in natura para a China superaram 12 mil toneladas em junho. Com este número, o mercado foi o segundo maior importador do produto no mês, ultrapassando Hong Kong e se aproximando dos níveis de exportações em volume para a Rússia”, destaca em nota o vice-presidente de mercados da ABPA, Ricardo Santin.

Fonte: Gazeta do Povo