16 Jan 2017

Os preços da soja no mercado futuro da Bolsa de Chicago fecharam a sexta-feira com boa alta de até 10 pontos. Na semana, o saldo líquido foi também bastante positivo, com o contrato de maio, referencial para a nova safra brasileira e sul-americana, ganhando acentuada valorização de 52 pontos. O spread entre janeiro e maio ficou em 13 pontos em favor de maio (era de 17 uma semana antes). 

O mercado estendeu os ganhos da quinta-feira, quando o relatório do USDA sobre a safra americana foi considerado altista, ao cortar a estimativa da produção e também a projeção dos estoques finais americanos, em níveis acima do esperado. Os investidores também buscaram se proteger ante o feriado prolongado (segunda-feira é feriado nos EUA – dia de Martin Luther King). 

No Brasil, o mercado de câmbio encerrou as negociações da sexta-feira com o dólar em alta de 1,5%, cotado a R$ 3,223 para venda. O saldo líquido da semana, porém, foi de estabilidade. 

No mercado físico interno de soja, os preços do grão mostraram-se em geral mais firmes na sexta-feira. O referencial do porto de Paranaguá fechou o dia e a semana em alta, cotado a R$ 78,00 por saca (era de 74,50 uma semana antes). 

Esta segunda-feira é feriado nos EUA (Dia de Martin Luther King) e não funcionará a Bolsa de Chicago, razão pela qual este informativo também não circulará.

Fonte: SojaNews