01 Feb 2017

Os preços da soja no mercado futuro da Bolsa de Chicago iniciaram a semana com forte queda, perdendo até 26 pontos no encerramento do pregão.

A melhora das condições das lavouras da Argentina foi um dos principais fatores de pressão sobre os preços, além de percepção de que os prejuízos pelas inundações não foram tão grandes como inicialmente previsto. Mas um fator adicional que ganhou nova dimensão nesta segunda-feira são as preocupações com as medidas que vem sendo adotadas pelo governo Trump, seja no lado do protecionismo comercial, seja na questão anti-imigração que vem gerando um ambiente de tensões geopolíticas. O dia foi de aversão a riscos, com fuga dos investidores das bolsas de valores e de commodities. O mercado esta semana também sofre de retração no físico diante do feriadão do ano novo chinês.

No Brasil, o mercado de câmbio voltou a ceder, com o dólar mostrando queda de 0,8%, cotado a R$ 3,129 na venda.

Fonte: Soja News