14 Dec 2016

A Associação Nacional da Pecuária Intensiva (ASSOCON) trabalha para a melhoria do indicador CEPEA do Boi Gordo. Entre as sugestões elaboradas em conjunto? com o Grupo Radar? estão a maior transparência do indicador, aumento da base amostral considerada e assento permanente para o CEPEA na Câmara do Boi Gordo da BM&F. 

?Em novembro foi encaminhado ofício da BM&FBovespa para tratar da implementação das sugestões elencadas. Esse foi um dos trabalhos importantes da entidade em 2016.

“A Assocon acredita ser fundamental para o aprimoramento na transparência dos negócios na pecuária de corte termos um indicador de preços CEPEA, cada vez mais forte e alinhado com a realidade dos negócios do mercado físico”, informa Fernando Saltão, CEO da Assocon.

Saltão explica que esse movimento é consciente. “Sabemos que a confiabilidade é a chave para o aumento do volume de negócios na BM&F. A estruturação da atividade está entre as principais bandeiras da Assocon e acreditamos ser fundamental para o aprimoramento da pecuária de corte a melhoria do indicador CEPEA”.

Fonte: Texto Comunicação