06 Dec 2016

Santa Catarina sediou, na sexta-feira (02/12), o seu primeiro concurso de carcaças Angus. O peso médio dos machos castrados foi de 250,12 kgs, enquanto que os machos inteiros ficaram em 256,07 kgs e as fêmeas, 215,51 kgs. Além disso, mais de 80% dos animais que foram abatidos se enquadraram nos requisitos de qualidade do programa carne Angus. Ao avaliar o resultado, o gerente Nacional do Programa de Carne Angus Certificada, Fábio Medeiros, salientou o grande potencial de Santa Catarina para a produção de carne de qualidade. O concurso, realizado nas instalações do Frigorífico Verdi, no município de Pouso Redondo, teve a presença de 15 produtores.

O lote vencedor na categoria machos foi de Sigmundo Pernlochner, com média de 277,09 kgs. Todos os animais eram dente de leite e com bom acabamento. Em segundo lugar, ficou o lote de Ademar Tacca, com 239,45 kgs, e, em terceiro lugar, o lote de Idimar Luis Bridi, com animais com peso médio de 229,59 kgs. Na categoria de fêmeas, o melhor lote foi de Ary Parisenti, com peso médio de 193 kgs. Todas as fêmeas eram dente de leite e com excelente acabamento. Em seguida, veio o lote de Clayton Zagger, com peso médio de 223,45 kgs.

Após o concurso, foi realizada a confraternização dos produtores, funcionários do frigorífico Verdi e da equipe do programa carne Angus, onde ocorreu ainda a entrega dos prêmios. Estiveram presentes da equipe Carne Angus, a certificadora da planta do concurso, Gabriela de Menezes, a coordenadora regional Ana Doralina Alves Menezes e o certificador Rafael Barros Brasil, além do gerente nacional do Programa Fábio Schuler Medeiros?. "Os produtores participantes demonstraram um excelente nível técnico revelando o potencial do estado para produção de carne de qualidade", revelou Medeiros?.

Santa Catarina participa do Programa Carne Angus desde dezembro de 2013 e conta com duas indústrias certificadas. Dentro do programa, as instalações do Frigorífico Verdi passaram por modernização. Foram realizadas adaptações na estrutura, além da adoção de melhores práticas industriais e de bem estar animal. A intenção é com isso manter a elevada qualidade do animal que vem do campo. Além do Frigorífico Verdi, integra ainda o programa o Frigorífico São João, de São João do Itaperiú, desde março de 2015.

 

Melhor lote categoria Fêmeas:

1° lugar: Ari Parisenti

2° lugar: Cleiton Zager

 

Melhor lote categoria Machos:

1° lugar: Sigmundo Pernlochner

2° lugar: Ademar Tacca

3° lugar: Idimar Luis Bridi 

 

Fonte: Jardine Comunicação