18 Aug 2016

Diante das fortes quedas nos preços externos do algodão, tradings estão bastante ativas no mercado brasileiro, disponibilizando lotes a valores inferiores. Com isso, a cotação interna da pluma, que havia iniciado agosto firme, passou a cair. Entre 9 e 16 de agosto, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias, referente à pluma 41-4, posta em São Paulo, caiu 3,69%, fechando a R$ 2,5513/lp nessa terça-feira, 16. Na parcial deste mês, o Indicador acumula queda de 3,07%.

Segundo pesquisadores do Cepea, compradores domésticos aproveitam esse movimento e adquirem novos lotes para entrega imediata, cenário que elevou o ritmo de negócios, especialmente no meio da semana passada. Já cotonicultores ainda estão firmes nos preços de venda, atentos à quebra de safra e ao cumprimento de contratos.

Fonte: Cepea