13 Jul 2016

Os preços do algodão em pluma vêm registrando quedas mais expressivas no mercado brasileiro. Segundo colaboradores do Cepea, a colheita da nova safra 2015/16 avança em ritmo lento, mas cotonicultores e tradings já disponibilizam lotes de pluma no mercado doméstico.

Indústrias, por sua vez, compram apenas volume necessário para atender os compromissos imediatos, à espera de que o aumento da oferta da pluma nas próximas semanas pressione ainda mais os valores. De 5 a 12 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias, referente à pluma 41-4, posta em São Paulo, recuou 3,5%, fechando R$ 2,5288/lp nessa terça-feira, 12.

Fonte: Cepea