10 Jan 2017

A NexSteppe, empresa dedicada ao desenvolvimento pioneiro da nova geração de soluções sustentáveis de sementes para as indústrias de bioprodutos, anuncia que o Departamento de Agricultura, Silvicultura e Pesca da África do Sul aprovou quatro tipos de híbridos de sorgo da NexSteppe para serem comercializados no país. Entre eles, estão o Sorgo Etanol Malibu e o Sorgo Biomassa Palo Alto.

“Ficamos muito contentes que o governo tenha reconhecido que os híbridos da NexSteppe podem contribuir para o desenvolvimento da bioeconomia na África do Sul”, diz Anna Rath, CEO da NexSteppe. “Com esta aprovação, agora temos condições de atender às necessidades de parceiros que estejam desenvolvendo projetos de bioenergia, biocombustível e biogás no país”.

Duas em cada três pessoas na África Subsaariana não possuem acesso à energia elétrica. O principal foco da conferência do clima da ONU de 2016, ocorrida em Marrocos (COP 22), foi de unir os esforços para lutar contra a mudança climática, com a necessidade de aumentar a produção de energia e construir um futuro energético limpo e sustentável. Os produtos da NexSteppe terão um papel fundamental para permitir que a África saia de uma abordagem tradicional, baseada em combustíveis fósseis, a favor de uma geração de energia a partir de uma fonte de biomassa mais limpa, com base renovável, e mais bem distribuída.

Todas as linhas de produtos da NexSteppe apresentam uma variedade de híbridos adaptadas a diferentes ambientes e estações climáticas, dessa forma podem oferecer uma ampla faixa de maturação para atender aos diferentes perfis de janelas de colheitas dos clientes. “Queremos trabalhar com os agricultores sul-africanos para entender melhor as necessidades específicas deste mercado e atendê-los”, afirma Jason Blake, vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios para a Europa, América do Norte e África.

Os híbridos de sorgo biomassa Palo Alto da NexSteppe oferecem matéria-prima de biomassa de alto rendimento e baixo custo para a bioenergia e biocombustíveis celulósicos. Desenvolvidos para apresentarem baixo teor de umidade quando maduros, os híbridos reduzem os custos de colheita e transporte, que podem totalizar 50% ou mais do custo total da matéria-prima entregue. Baixos teores de umidade também oferecem uma densidade de energia para combustão mais eficaz.

Já os híbridos de sorgo etanol Malibu da NexSteppe foram otimizados para oferecer uma fonte facilmente acessível de açucares fermentáveis para a produção de biocombustíveis e bioprodutos. Esses híbridos podem ser usados como complemento para a cana-de-açúcar, para oferecer matéria-prima adicional para as usinas de açúcar e etanol, ou podem fornecer uma fonte prontamente disponível de açúcares fermentáveis em regiões sem água suficiente para o plantio de cana-de-açúcar.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa NexSteppe