27 Sep 2016

As exportações de açúcar voltaram a remunerar mais que o mercado spot paulista, cenário que esteve atrelado ao aumento das cotações internacionais. Segundo pesquisadores do Cepea, usinas elevaram os valores de suas ofertas no mercado spot paulista, mas, como a demanda tem seguido fraca, foram poucos os negócios reportados. Na segunda-feira, 26, o Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar cristal, cor Icumsa entre 130 e 180, fechou a R$ 89,06/saca de 50 kg, alta de 2,97% em relação à segunda anterior, 19.

O Indicador de Açúcar Cristal ESALQ/BVMF, referente ao produto posto no porto de Santos ou com custos equivalentes, sem impostos, cor Icumsa máxima de 150, que inclui vendas domésticas e para exportação, subiu 3,82% no mesmo período, fechando a segunda-feira em R$ 89,08/saca 50 kg. A alta dos preços internacionais também influenciou o spot nordestino, onde algumas usinas priorizaram as exportações, reduzindo a oferta do produto para o mercado interno e aumentando as cotações.

Fonte: Cepea