Porque o morango orgânico é melhor para a saúde

O morango é uma fruta que agrada a todos os paladares. Utilizado em doces e compotas, é conhecido pelo sabor e pelo aroma, bem característicos da fruta. De acordo com o Especialista em Agricultura Orgânica Thiago Tadeu Campos, por ser uma fruta do inverno, seus produtores passam por grandes dificuldades durante a colheita. A chuva e o vento, além das pragas e insetos danificam a fruta, obrigando-os a utilizar meios químicos de impedir tal perda, garantindo a produção durante os doze meses do ano.

Porém precisamos entender que tais morangos são afetados também pela intervenção química. Os adubos, pesticidas, e fertilizantes sintéticos depositados na fruta acabam deixando traços químicos, que são prejudiciais à saúde. Como alternativa ao consumidor, existe o morango orgânico, que é produzido na natureza, livre de agrotóxicos e sem interferências em seu valor nutricional. Apesar do preço ser um pouco superior ao morango convencional, vale a pena o investimento na sua saúde. 

Morango orgânico é cientificamente mais saboroso

O consumo de morangos orgânicos pode ser um grande passo para quem quer ter mais saúde, pois a fruta orgânica possui um cheiro diferenciado, sabor acentuado, além de proporcionar valores nutricionais superiores àqueles morangos que são cultivados com fertilizantes artificiais, fungicidas e inseticidas.

Os alimentos orgânicos são superiores em qualidade devido ao tratamento natural com o qual é cultivado, buscando preservar as propriedades que características do produto. Todo o cuidado com a pré-colheita afeta o cultivo do morango no campo, trazendo assim um bom estado do fruto colhido. O morango é muito sensível às interferências externas e também é considerado dos principais alimentos suscetíveis aos resíduos de agroquímicos acima do limite permitido.

Morangos orgânicos possuem uma maior firmeza na polpa, uma maior densidade da cor vermelha e consequentemente, uma maior qualidade nutritiva. Os morangos produzidos no sistema convencional apresentam um índice maior de antocianina e carregam fertilizantes artificiais que trazem malefícios para a saúde.

Morango orgânico

Morango convencional

Mantém a aparência de fresca após a colheita;

Não conservam a aparência fresca por muito tempo após a colheita;

Não recebem produtos químicos;

Recebem fertilizantes, adubos e inseticidas;

Cheiro, cor e sabor diferenciados;

Menos atrativo e menos saboroso;

Maior durabilidade;

Menor durabilidade;

Preserva as qualidades nutricionais;

Absorve produtos químicos que interferem na qualidade do morango;

Mais saboroso.

Menos saboroso por receber intervenção química.

 

Thiago Tadeu Campos é especialista em Agricultura Orgânica e Consultor Master em Produção Orgânica na ImGrower. Um de seus hobbies favoritos é compartilhar conhecimento no blog thiagoorganico.com, que tem como missão fornecer conteúdo prático, atualizado e de qualidade sobre produção de alimentos orgânicos e cultivo protegido.

\"\"