A importância da escolha acertada da ferramenta para a gestão de custos

Ferramenta de gestão ruralProfissionalismo, planejamento e acesso a informações confiáveis são fatores de elevada importância estratégica para empresários rurais de todas as atividades agropecuárias. O custo de produção, como elemento representativo de um arcabouço de dados disponíveis para o gestor, deve ser obtido e analisado por meio de uma sistemática efetiva e de fácil utilização. A rápida identificação dos principais gargalos dentro do sistema produtivo pode motivar intervenções a fim de aumentar a eficiência de forma globalizada.

Diversas propriedades rurais que não têm controle dos seus custos e orçamentos, fatalmente enfrentarão obstáculos como: a) desconhecimento do resultado do negócio; b) aumento ou diminuição das atividades exploradas sem planejamento; c) investimentos desnecessários; d) propensão ao endividamento e consequente falta de crédito; e) perda de ganhos obtidos por produtividade; f) descapitalização; g) aumento dos custos financeiros; g) margens de lucros declinantes; dentre outros.

FERRAMENTA GERENCIAL INFORMATIZADA COMO SOLUÇÃO

A falta de conhecimento abrangente e atualizado sobre os diversos aspectos do comportamento das finanças da atividade é o grande incentivador da busca por sistemas adequados para a inserção, armazenamento e consulta dos dados da produção. E, considerando os avanços tecnológicos já alcançados e a facilidade de acesso a diversas opções, implantar softwares de gestão financeiro-econômica especializada na temática rural configura-se, hoje em dia, num caminho lógico e fácil a ser seguido.

Confira dicas sobre aspectos relevantes que devem ser considerados na escolha de sistema de qualidade para apoiá-lo(a) na gestão do seu negócio:


Ferramenta de gestão rural: fluxo de caixa

• Abrangência do aplicativo. Compare o que o software possibilita em termos de controles dos dados financeiros e as demandas do seu negócio.

• Interação com a gestão produtiva. Busque um software que viabilize também a gestão de índices específicos da atividade para que tais dados gerem resultados gerenciais obtidos por meio da ponderação de todos os elementos que formam os custos.

• Frequência de atualização. A qualidade do software está diretamente relacionada à flexibilidade e à rapidez do seu fornecedor para implantar atualizações em função dos avanços tecnológicos do mercado.

• Suporte técnico. Certifique-se de que você e sua equipe poderão contar, de forma sistemática, fácil e ágil, com o apoio do seu fornecedor nas dúvidas em relação ao uso do software.

• Padrões de desenvolvimento. Processos de desenvolvimento da TI certificados e reconhecidos reduzem a incidência da necessidade de manutenção no software e garantem a consistência dos aplicativos.

• Segurança dos dados. O sigilo e a ética no tratamento das informações são imprescindíveis.

• Relatórios gerenciais. Softwares de qualidade oferecem relatórios regularmente utilizados na gestão, além da disponibilização da criação de demonstrativos específicos para determinadas demandas.

 

por Leonora Duarte, Especialista em Gestão de Processos de Negócio da IDEAGRI